Novembro Azul: Não tenha vergonha de vestir esta camisa.

Você está em - Dicas de Saúde - Novembro Azul: Não tenha vergonha de vestir esta camisa.

O câncer de próstata atinge um em cada seis homens e, mesmo assim, ainda é um tema que enfrenta muitas barreiras. Quase 50% dos brasileiros nunca foram ao urologista e, em 2014, a projeção é de que 12 mil irão morrer da doença em função da descoberta em estágio avançado.  

Observa-se no Brasil um aumento observado nas taxas de incidência. Este aumento pode ser explicado pela evolução dos métodos de diagnóstico (exames), a melhoria da qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida. 

Fatores de risco:

Cerca de três quartos dos casos de câncer de próstata ocorre em idosos, a partir dos 65 anos. Esses tumores crescem rapidamente, espalhando-se rapidamente pelo organismo. Daí a necessidade do diagnóstico precoce no combate à doença. 

Diagnóstico:

Recomenda-se iniciar aos 45 anos e tem uma história de câncer de próstata na família que se inicia aos 40 anos. Quando houver uma alteração no tecido prostático (identificado pelo toque) e mudanças na análise de sangue (PSA) indicou uma biópsia (biópsia da próstata por agulhas especiais), para o exame microscópico por um patologista. 

Tratamento:

Se o câncer está em um estágio inicial, são dadas três tipos de tratamento:

  • Cirurgia
  • Radioterapia
  • Braquiterapia (agulhamento da próstata por sementes radioativas). 

Prognóstico

Ao longo dos anos o cenário mudou, mas mesmo com o acesso à informação, os homens ainda têm certa resistência em consultar um especialista. O costume deprocurar atendimento médico apenas se a quaisquer sintomas pode levar muitas vezes a um diagnóstico tardio, tornando o tratamento difícil, porém, se diagnosticado precocemente, as chances de cura ficam entre 80% e 90%

AGENDAR EXAME