Densitometria óssea para avaliação de composição corporal

Você está em - Artigos e Notícias - Densitometria óssea para avaliação de composição corporal

Considerada por muitos especialistas como o método mais preciso para a avaliação da composição corporal, a densitometria óssea para avaliação da composição corporal (DXA) é um método, que por si só, é capaz de abrir um enorme horizonte para evoluirmos na condução de seleção e preparação atlética, avaliação de risco cardiovascular, diagnóstico e acompanhamento de perdas musculares involucionais e patológicas, monitoramento de intervenções/dietas nutricionais e de treinamento físico assim como na instrumentalização de profissionais de diferentes áreas paramédicas tais como fisioterapeutas, professores de educação física e preparadores físicos, fisiologistas, biomédicos, nutricionistas, dentre outros.

 

É um exame com baixo grau de radiação, pouco dependente do operador, não invasivo, tem permitido inúmeros avanços na compreensão e manuseio clínico dos pacientes em diversas áreas da saúde. Através deste exame é possível avaliar o percentual de massa magra (músculo), de gordura e de massa mineral (óssea).


O exame, diferentemente da avaliação por plicômetro ou adipômetro ("pinças"), não se utiliza limitadamente da gordura subcutânea para o cálculo, pois é capaz de avaliar a gordura intra-abdominal e visceral.
Você pode realizar esse exame aqui mesmo em Belém. A Dimagem possui equipamentos de alta tecnologia e conta com uma equipe médica altamente qualificada, o que garante agilidade e precisão dos laudos.

AGENDAR EXAME